Uso de imagem

Sempre que surge um pedido para uma produção fotográfica, precisamos ficar atentos a diversos pontos, para não sermos surpreendidos.

  1. Briefing: É um descritivo do trabalho, a história por trás da foto, e uma lista dos elementos que precisam ser orçados.
  2. Layout: E um rascunho de como deverá ficar a foto final.
  3. Usos: Onde e por quanto tempo a foto será veiculada.

Falaremos sobre o uso, pois dependendo do trabalho ele impacta em até 60% do custo de uma foto, pois envolve 2 tipos de profissionais fundamentais: Fotógrafo e Modelo.

Onde será veiculado divide-se em local e mídia.

Local: pode ser uma cidade, um ou vários países ou o mundo inteiro.

Mídia: Pode ser impressa, internet, TV, ou buy out, que é uma categoria que engloba todas as mídias possíveis.

Quando vislumbra o tempo que a imagem será veiculada, contando sempre a partir da primeira veiculação, pode variar de dias a anos, lembrando sempre que a lei brasileira, classifica como buy out, até 5 anos. Após esse tempo, e necessária a renovação.

Normalmente os termos da renovação são descritos no contrato entre fotografo-cliente, e costuma-se trabalhar com 70% do valor para a renovação do mesmo período. Isto é, se o fotografo recebeu R$ 5.000,00 por uma imagem de uso de 6 meses. E o cliente quer renovar por 2 anos. O custo seria:

R$ 5.000,00 x 70% = R$ 3.500,00

4 x R$ 3.500,00 = R$ 14.000,00 (4 semestres = 2 anos)

No caso do modelo normalmente a renovação é 100% do valor pago.

Se a imagem é veiculada por mais tempo que o estabelecido ou em mídias/locais não orçados, caracteriza-se uso indevido de imagem o que pode render um processo judicial.

No Comments

Leave a Reply